Nomes para escritório de advocacia

Sem sombra de dúvidas, um momento muito importante na carreira para alguém que se formou em Direito e que deseja empreender na área é na escolha de nomes para escritório de advocacia. Afinal de contas, é esse nome que vai marcar a imagem do seu negócio e que vai fazer as pessoas se lembrarem dele sempre que for preciso.

Nomes para escritório de advocacia

Nesse sentido, a escolha do nome do escritório de advocacia deve ser feita de modo planejado e cuidadoso. Entretanto, os escritórios precisam estar atentos às regras de escolha do nome, pois existem limitações e regras que se aplicam especificamente aos advogados.

Se ficou interessado(a) neste assunto, leia este artigo que a Método Estude preparou e saiba tudo sobre nomes para escritório de advocacia. Boa leitura!

Quais regras devo seguir na escolha do nome?

No momento em que fizer a escolha do nome, tenha em mente quais os valores que deseja transmitir a fim de garantir uma boa impressão. Além disso, existem algumas regras a serem seguidas, conforme o artigo 16 do Estatuto da Advocacia, o qual estabelece o seguinte:

– § 1º A razão social deve ter, obrigatoriamente, o nome de, pelo menos, um advogado responsável pela sociedade, podendo permanecer o de sócio falecido, desde que prevista tal possibilidade no ato constitutivo;

– § 4º  A denominação da sociedade unipessoal de advocacia deve ser obrigatoriamente formada pelo nome do seu titular, completo ou parcial, com a expressão ‘Sociedade Individual de Advocacia’.

Isso quer dizer que é necessário colocar no nome do escritório de advocacia o nome de pelo menos um advogado da sociedade.

5 dicas de nomes para escritório de advocacia

Antes de falar sobre nomes para escritório de advocacia, saiba que para achar um ideal é importante adotar algumas estratégias positivas para o seu negócio. Para isso, separamos algumas dicas para te ajudar nisso. Veja algumas delas a seguir:

Dê preferência a um nome fácil de se lembrar

Saiba que quanto mais difícil for o nome de um determinado lugar, menores serão as chances de alguém lembrar dele em um momento mais urgente. Nesse sentido, até mesmo para o fazer a indicação “boca a boca” (em que a pessoa indica o seu negócio para as outras), não é verdade?

Nesse sentido, escolha um nome simples e forte! O ideal é fazer uma lista de opções de nomes e pedir ajuda de amigos ou familiares, assim, dando preferência àqueles que não são da área de Direito.

Evite nomes difíceis de soletrar

Uma coisa é escolher um nome fácil de ser lembrado e outra é garantir que ao juntar isso com a forma como se escreve tudo permanecerá simples (principalmente para aqueles que não tem uma memória tão boa assim).

Não adianta nada criar nomes para escritório de advocacia que sejam os mais interessantes e simples do mundo, mas “inventar moda” na forma como esse nome será escrito.

Imagina que seus possíveis clientes lembrem do nome do seu escritório, entretanto, quando precisam procurar na Internet, para buscar informações sobre telefone de contato, por exemplo, eles não se lembram como se escreve e, assim, não conseguem te encontrar?

Se o seu sobrenome for muito diferente, possuindo uma grafia bem complicada, não se apegue a isso e escolha outro nome para colocar no seu escritório de advocacia.

Dê preferência a nomes curtos

Atualmente, nomes longos são muito usados por inúmeros escritórios de advocacia, principalmente pelo fato de, muitas vezes, um escritório ser aberto como uma sociedade entre vários advogados.

O que mais vemos por aí são os escritórios com nomes tipo ´Sócio A & Sócio B’ e, isso, talvez, não seja mais algo que se destaque em meio a tanta concorrência. Além disso, nomes mais longos, que combinam o sobrenome de muitos sócios, podem gerar até confusão, dificultando que o escritório seja encontrado facilmente na Internet.

Por isso, priorize nomes mais curtos e objetivos, mas, atente-se para não ser algo simples demais! É curto, fácil de lembrar, no entanto, deve ser atrativo e chamativo.

Associe sua marca e à sua especialidade

Uma ótima opção, é incluir a especialidade dos nomes para escritório de advocacia, com o objetivo de destacar a marca e diferenciar sua empresa. Além disso, isso acaba deixando mais claro a identificação, para potenciais clientes, acerca de qual é a área que seu negócio atua.

Para isso, siga o padrão “Nome + Área de atuação”. Quer um exemplo? “Silva Costa Direito Trabalhista”. Entretanto, cuidado para não utilizar um nome parecido com o utilizado pelo seus concorrentes.

Cuidado com o nome escolhido

Quando for escolher os nomes, atente-se aos seguintes pontos:

– Evite nomes estrangeiros ou complexos; – Tenha cuidado para não criar nomes com duplo sentido; – Tenha atenção para não escolher nomes que possam virar piadas e trocadilhos; – Não use nomes de pessoas que não são sócias; – Não utilize especialidades que o escritório não pratica.

Agora que sabe tudo sobre como escolher nome para escritório de advocacia, está na hora de colocar todo esse aprendizado em prática, não é mesmo? Desse modo, fique atento aos pontos citados no post e escolha um nome que passe confiança e credibilidade aos seus clientes.

Gostou deste artigo?

Compartilhe!

White Dotted Arrow